Acontece
Quem Somos Nós

Qual é o papel e a potência da arte dentro da escola? A ideia do projeto Aprendendo com Arte é, justamente, propor discussões sobre o potencial educativo da arte, sugerindo maneiras de utilizar esse conhecimento teórico-prático na sala de aula. Para isso, o projeto incentiva o professor a olhar para o seu trabalho, desenvolvendo uma reflexão sobre sua própria práxis. Com uma prática mais consciente e crítica, o professor constrói formas mais autônomas de resolução de problemas.

Mas quem está por trás do Aprendendo com Arte? O projeto é uma parceria entre o Instituto Arte na Escola e a Fundação Volkswagen e conta com uma equipe multidisciplinar. A equipe é composta por profissionais de diferentes regiões do Brasil, o que vai de acordo com a proposta do curso de valorizar a diversidade cultural brasileira, levando em conta o contexto histórico, social e cultural de cada região. As proposições teóricas e práticas do Aprendendo com Arte partem de um mapeamento cultural das regiões e consideram a história do ensino da arte no Brasil – por isso, é importante a pluralidade da equipe.

Todos os formadores são pesquisadores e têm uma formação hibrida. As áreas de atuação e pesquisa são: artes visuais, artes cênicas, pedagogia, arquitetura, museologia, cenografia, geografia, história, antropologia, administração, produção cultural e design gráfico.

Mas experiência prática na educação permeia a trajetória de todos os formadores, seja em ambientes formais de ensino – dentro de escolas e universidades – ou em centros culturais e museus, atuando com mediação cultural, formação de educadores e oficinas para o público.

Além disso, um traço – não menos importante – dessa equipe é que todos os formadores são artistas. Embora o curso tenha como eixo as artes visuais, o campo de atuação artística da equipe passa por várias linguagens, como o livro de artista, performance, bordado, teatro, desenho, música, cerâmica, dança, contação de histórias e fotografia.

@

Não ativo recentemente